Congresso da CUT Estadual homenageia vereador morto em novembro

No último dia 28, completou seis meses da morte do vereador Marcelino Chiarello e até o momento nada foi esclarecido. A Central Única dos Trabalhadores de Santa Catarina prestará uma homenagem ao vereador.

Entre os dias 31 de maio a 02 de junho, dirigentes sindicais estarão reunidos no 11º Congresso da Central Única dos Trabalhadores de Santa Catarina. O evento vai se realizar no Hotel Cambirella em Florianópolis e pretende homenagear o vereador Marcelino Chiarello, encontrado morto em sua casa em Chapecó, no final do mês de novembro.

Marcelino trabalhava como professor da rede pública estadual desde 1990, ele ministrava aulas de História, Filosofia e Sociologia. Ele entrou na política em 1996, foi diretor de serviços urbanos de Chapecó e em seguida foi eleito para vereador. Cumpriu o mandato por duas vezes (2004/2008), e ficou conhecido na Câmara de Vereadores por apresentar várias denúncias sobre a administração pública municipal.

Na manhã do dia 28 de novembro, Marcelino foi encontrado morto por seus familiares em sua casa. Ele estava enforcado na janela de um dos quartos, o que aparentava ser suicídio. Com o decorrer das investigações, a Polícia Civil, comentou que o suicídio poderia ter sido forjado, já que foram encontrados alguns ferimentos na cabeça e nariz do vereador. Mas passados, seis meses do caso, embora a Polícia Federal tenha entrado no inquérito para auxiliar as investigações, até o momento nada foi esclarecido.

Para o presidente da CUT/SC, Neudi Giachini, trazer o nome deste grande lutador num encontro de trabalhadores, é uma forma de homenagear uma liderança dos movimentos sindicais “O Marcelino sempre teve uma vida dedicada para construir uma sociedade mais justa, foi um exemplo de retidão e coragem”. Marcelino era filiado ao Sindicato dos Professores e desenvolvia trabalhos na comunidade em que morava, na cidade de Chapecó.

Texto: Sílvia Medeiros
Assessora de Comunicação CUT-SC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

doze − um =