Avaliação do primeiro dia de greve

Os comandos de greve reuniram-se no final da tarde de hoje (13/5) para avaliar o primeiro dia de mobilização. Até às 17 horas, o sindicato contabilizava a adesão de aproximadamente 2,5 mil trabalhadores ao movimento.

Após este levantamento, o Sinsej recebeu a informações de novos locais que devem estar completamente parados a partir de amanhã, como Caps, quarto andar e o Centro Cirúrgico do Hospital Municipal São José, entre outros.

À tarde a prefeitura divulgou que apenas cerca de 900 servidores estariam parados – o que já era perfeitamente discutível vendo-se o ato em frente à prefeitura de manhã. No início da noite ela informou à imprensa um número de 600 trabalhadores, o que mostra a contradição.

Agenda de greve

Amanhã será dia de mobilizar os servidores que ainda estão em seus postos de trabalho. Os comandos de greve saem do Sinsej às 8 horas. Os trabalhadores que tiverem disponibilidade podem chegar às 7 horas para irem aos setores que começam mais cedo.

Na quarta-feira (15/5) ocorre novo ato em frente à prefeitura, às 9 horas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 + treze =