Discutidos Calendário Escolar e hora-atividade

A contraproposta dos servidores da Educação de Joinville para o calendário escolar 2014 foi apresentada ontem (17/9) à Prefeitura. A entrega aconteceu em uma reunião entre a diretoria do Sinsej e o secretário Roque Mattei.

Conheça a proposta da categoria construída na assembleia de 11 de setembro

O secretário não recebeu bem a reivindicação dos servidores e novamente o debate girou em torno da definição do que é dia de efetivo trabalho escolar. O sindicato deixou claro que a proposição da categoria não fere a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB). Caso ela não seja aceita será por decisão pessoal do secretário.

A implantação de 33,33% de hora-atividade também foi discutida, mas sem avanços, pois os representantes da Prefeitura tentaram postergar ainda mais a decisão. Diante das cobranças do Sinsej, a Secretaria de Educação prometeu posicionar-se sobre o tema em 1º de outubro, quando haverá nova reunião com o sindicato.

Desde o fim da greve de maio, a Prefeitura tem pronto um estudo sobre a implantação da hora-atividade.

Caso esta situação de indefinição sobre os dois assuntos seja mantida no próximo encontro, a categoria será chamada à mobilização.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezoito − 14 =