Intromissão indevida em Garuva

O Sinsej está encaminhando ao prefeito de Garuva José Chaves uma comunicação pedindo a apuração de um fato. No final da assembleia geral dos servidores realizada em 10 de abril, coordenada pelos dirigentes do Sinsej, apareceu no local do evento o marido da secretária de Educação do município, que aos brados passou a ofender uma das servidores presentes.

Dentre outras ofensas pessoais impublicáveis, o marido da secretária acusou a trabalhadora de viver de atestados médicos.

Os eventuais atestados da servidora envolvida no escândalo patrocinado pelo marido da secretária de Educação são assunto interno do setor de recursos humanos da Prefeitura. Dessa forma, há necessidade de apuração sobre o vazamento desta informação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

catorze − 6 =