Resposta da Prefeitura de Itapoá à pauta de reivindicações

Os servidores de Itapoá decidiram em assembleia (23/5) entrar em greve a partir de segunda-feira (29/5). A falta de negociação da Prefeitura com o sindicato e a reposta negativa para 16 dos 18 pontos da pauta de reivindicações são os motivos que levaram a categoria a decidir pela paralisação por tempo indeterminado.

A última resposta do prefeito Marlon Neuber aos trabalhadores foi um ofício entregue antes do início da assembleia que deflagrou a greve. “Um total desrespeito com a categoria e por conseqüência à comunidade”, disse o presidente do sindicato, Ulrich Beathalter.

O Sinsej publica aqui a pauta de reivindicações da categoria e a resposta do governo para que todos os servidores tenham acesso e conheçam na íntegra a resposta para cada ponto da pauta.

Pauta de Reivindicações

Resposta da Prefeitura

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1 × 5 =