No Dia Mundial da Saúde, a luta será pela vida e por serviço público de qualidade

Na manhã desta quarta-feira (7), Dia Mundial da Saúde, o Sinsej vai se juntar a outras entidades sindicais da cidade e promover atos simbólicos em defesa da vida, do SUS, por melhores condições de trabalho e por vacina para todos, em diferentes unidades de saúde.

As atividades vão acontecer às 8 horas, em frente ao PA Sul, às 9 horas no PA Leste; às 10 horas no PA Norte e às 11 horas em frente ao Hospital Municipal São José. O objetivo é mostrar, à população e aos governos, a importância do serviço público em saúde, de mais investimento público para garantir melhores condições de trabalho e mais contratação efetiva para a área, assim como para reivindicar vacina urgente para todas e todos! Também estão programados atos em frente ao Hospital Regional e à maternidade Darcy Vargas.

Se antes as condições de trabalho no setor já eram precárias, a pandemia escancarou a falta de pessoal e de investimento e tentativa de desmonte dos últimos governos. Ao mesmo tempo, mostrou à população o papel essencial do Estado e do SUS, como também o esforço de cada servidor para salvar as vidas ameaçadas pela Covid-19. No entanto, o prefeito Adriano Silva (Novo) vem ameaçando terceirizar os serviços e acabar com o direito à aposentadoria dos servidores por meio do projeto de reforma da Previdência.

A direção do Sinsej convida todas e todos servidores no setor a dialogarem com seus colegas e com a população sobre o assunto e a enviarem fotos com cartazes sobre o tema, por meio do WhatsApp 47 99723-0220.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 × quatro =