Itapoá: luta garante a reposição salarial. Agora precisamos conquistar o retroativo

A partir desta semana, os servidores municipais do poder Executivo e Legislativo de Itapoá começaram a receber nos vencimentos a reposição da inflação acumulada entre maio de 2020 e abril de 2021, conforme as leis 1094 e 1095/2021, sancionadas em 31 de agosto pelo prefeito Marlon Neuber (PL). Embora a reposição de 6,76% recebida neste mês esteja somada apenas ao valor retroativo referente a setembro, o Sinsej continua a cobrar do prefeito e dos vereadores o pagamento do retroativo desde maio, mês da data-base.

Além da organização de uma campanha salarial que movimentou a categoria nos locais de trabalho, a atuação da direção do Sindicato conseguiu garantir tanto a negociação com a prefeitura como também a sanção e o cumprimento das leis da reposição. Pois, nesse tempo foram diversas as interpretações de diferentes governos municipais e estaduais, do Tribunal de Contas do Estado e do judiciário que surgiram acerca da Lei Complementar nº 173/2020, que congela os salários dos servidores até dezembro de 2021.

Mesmo durante a pandemia, os servidores não pararam de atender a população. Agora, é preciso que o prefeito e vereadores reconheçam e valorizem essa força de trabalho e concedam o retroativo nos vencimentos desses servidores. O Sinsej convoca a categoria a ficar alerta, acompanhar e se mobilizar para garantir o atendimento de nossas reivindicações.

 

Itapoá: luta garante a reposição salarial. Agora precisamos conquistar o retroativo

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quinze − 1 =