Joinville terá reunião do Conselho e assembleia

No dia 25 de março, às 14 horas, os representantes de locais de trabalho dos servidores de Joinville terão reunião para discutir a Campanha Salarial 2015. O encontro ocorrerá no Hotel Tannenhof e começará a discussão sobre a Pauta de Reivindicações deste ano. Os representantes utilizarão o direito de liberação de uma tarde a cada semestre.

Em 31 de março, toda a categoria reúne-se para deliberar sobre a Pauta, às 19 horas, na Câmara de Vereadores de Joinville. Neste dia também será apresentada a prestação de contas do Sinsej do exercício de 2014.

Um assunto que irá permear a reunião do Conselho e a assembleia será a declaração do prefeito Udo Döhler, sobre não haver margem para reajuste salarial este ano. Desde primeiro ano de governo, o prefeito vem prometendo conceder um reajuste melhor aos servidores, nunca cumprindo com sua palavra.

Para o sindicato, essa declaração foi absurda, pois o comprometimento da receita líquida da Prefeitura com a folha de pagamento fechou 2014 em 46,2%. A Lei de Responsabilidade Fiscal permite que até 54% podem ser usados para este fim. Os dados do Tribunal de Contas de Santa Catarina e do Portal Transparência de Joinville demonstram ainda que a elevação na arrecadação foi maior que os gastos com salários e contratação de funcionários.

Além do reajuste, a direção do Sinsej propõe que a Pauta de Reivindicação 2015 inclua melhorias no plano de carreira geral da categoria, um mecanismo de reposição automática da inflação, uma solução para o atendimento da saúde dos servidores, respeito ao piso nacional do magistério, aumento no vale-alimentação, reposição dos dias de greve do ano passado descontados e o cumprimento dos itens restantes do acordo de greve de 2014.

O Conselho e a assembleia serão o primeiro passo na organização da Campanha Salarial. É importante que todos fiquem atentos e participem das atividades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 8 =