Servidores da Câmara em estado de greve

Servidores da Câmara de Joinville estão em estado de greve I Foto: Aline Seitenfus
Servidores da Câmara de Joinville estão em estado de greve I Foto: Aline Seitenfus

Os servidores da Câmara de Vereadores de Joinville entraram hoje (4/11), em Estado de Greve. Eles cobram do presidente da Casa, Rodrigo Fachini, o cumprimento dos acordos da Campanha Salarial.

“Não tem essa de mudar de ideia depois de assumir um compromisso público”, falou o presidente do Sinsej, Ulrich Beathalter. Para ele, esse é o momento de reagir e combater a postura desrespeitosa do Chefe do Legislativo.

Uma nova reunião foi marcada para a próxima segunda (9/11), às 14 horas. Os servidores irão avaliar a situação e deliberar sobre os próximos encaminhamentos.

Confira a pauta, na íntegra:

  • Garantia do acesso da graduação na carreira do servidor ainda no estágio probatório.
  • Supervisão, acompanhamento e avaliação dos oficiais de gabinete sob a responsabilidade da área de recursos humanos.
  • Garantia de reserva de no mínimo 5% dos cargos comissionados para os servidores de carreira.
  • Negociação do novo valor do vale-alimentação, de acordo com estudo elaborado a pedido da Presidência da Câmara.
  • Discussão do projeto de resolução 22/2015, para alteração de alguns artigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + quatro =