Esclarecimentos sobre Itapoá

O Sinsej questionou o governo de Itapoá a respeito do anúncio de folga para quem não havia participado da última greve, como divulgado entre a categoria por chefias. De acordo com o chefe de gabinete Luiz Zagonel, a informação não procede e não haveria qualquer possibilidade de liberar os servidores que permaneceram nos locais de trabalho durante os quatro dias de paralisação.

A presidente da entidade sindical, Mara Lúcia Tavares, reforçou que os servidores estão em estado de greve até que a segunda parcela da reposição da inflação seja paga. Também que a categoria está atenta a qualquer ameaça de ataque por parte da Prefeitura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dois × cinco =