Boletim da GREVE: Comando de Greve faz roteiros no setor da saúde

Neste domingo de Carnaval, 23, o membros do Comando de Greve visitaram os Pronto Atendimentos Leste, Norte e Sul de Joinville para convocar os servidores para Assembleia dia 26, assim como  para Greve.  Dia 25, terça-feira, o comando fará visita aos servidores do Hospital Municipal São José.

Esperamos que os colegas da saúde entrem em greve, em luta por concurso público, melhores condições de trabalho e contra o PLC 03/2020, do Ipreville, que está tramitando na Câmara e aumenta a alíquota de contribuição de 11 para 14%.
A saúde de Joinville está adoecida e somente com a luta organizada poderemos mudar essa realidade.

Intransigência e desrespeito
Após cinco pedidos de antecipação da campanha salarial negados pelo prefeito Udo Döhler, membros da diretoria do Sinsej e da comissão de negociação, estão desde dia 20 acampados no gabinete do prefeito para garantir a abertura das negociações da Campanha Salarial.  As seis servidoras não vão sair até que sejam recebidas pelo prefeito.
A intransigência do prefeito em não querer atender o Sindicato é um desrespeito com o servidor e com a população, que precisa de mais servidores para ter mais rapidez e qualidade no serviço público.

Terrorismo
Jogando sujo com as servidoras que ocupam a prefeitura, na noite de domingo foi cortada a luz no andar do gabinete, exceto na sala ocupada, a água nos bebedouros e a energia elétrica em todas as tomadas que o grupo tem acesso, além de restringirem a saída e entrada do prédio. O horário para recebimento de comida também está restrito para somente às 12 e 20 horas. Após reclamação num vídeo online, a energia voltou e a água também.
O sindicato busca o auxílio do Centro dos Direitos Humanos para sanar qualquer outro tipo de ameaça ou tortura psicológica vindas do Executivo.

Assista ao vídeo, acessando o link:
https://web.facebook.com/Sinsej/videos/239394250418700/

Cine debate

Às 19 horas, desta segunda-feira, 24, na tenda do Sinsej acontece um cine-debate, com a exibição do filme: Ditadura Reservada, de Fabrício Porto. O evento acontece em parceria com o Centro dos Direitos Humanos de Joinville.

O documentário trata do período da ditadura militar na cidade, trazendo histórias como a de Edgar Shatzmann e sua esposa, Lucia Shatzmann.

Agenda

Na quarta-feira, dia 26, a categoria tem compromisso marcado de manhã e à tarde. Às 7h30 da manhã acontece reunião do comando de greve e conselho de representantes e às 13h30, assembleia geral e mobilização na Câmara de Vereadores de Joinville, para deliberar as próximas ações da GREVE e luta contra o PLC do Ipreville.

A GREVE na TV

Nesta segunda, a partir das 19 horas, vai ao ar matéria sobre a Greve e entrevista com as servidoras que ocupam a prefeitura, no Seu Jornal, produzido pela TVT, no canal do Youtube. A TV dos Trabalhadores é vinculada à CUT Nacional e faz um jornalismo voltado à realidade do trabalhador.
Acesse o link: https://www.youtube.com/redetvt/seujornal

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

doze − 4 =