Sinsej participa de reunião sobre o piso para os Agentes Comunitários de Saúde

O Sinsej participou nesta quinta-feira (21) da reunião entre os Agentes Comunitários de Saúde (ACS), o secretário de saúde do município, Andrei Kolaceke e representantes da secretaria de gestão de pessoas da prefeitura. Em pauta a Emenda Constitucional nº 120/2022, que fixou um piso salarial para a categoria.

A Emenda Constitucional nº120/2022 foi aprovada no dia cinco de maio deste ano e determina que o piso salarial para dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate às endemias não poderia ser inferior a dois salários mínimos, além de adicional de insalubridade e aposentadoria especial. A decisão representa a valorização do servidor que atua na função.

Durante a reunião, os agentes cobraram que o aumento seja repassado o mais breve possível, com direito a pagamento retroativo aos meses que a categoria não recebeu. Os agentes também entendem que o aumento deve ser calculado em cima do salário sem as gratificações já conquistadas pela categoria, algo que a prefeitura prometeu analisar dar uma resposta em até 30 dias.

Na reunião, os servidores ainda questionaram a prefeitura sobre o pagamento dos triênios. A secretaria de gestão de pessoas prometeu que eles serão feitos na próxima folha de pagamento, inclusive os pagamentos retroativos.

O Sinsej, junto aos servidores, seguirá cobrando que o pagamento retroativo seja feito em folha complementar sem prejuízo para os servidores

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

16 + onze =