Resposta ao jornal Notícias do Dia

Em matéria intitulada “Coincidências nada agradáveis”, publicada na edição dos dias 9 e 10 de abril, do jornal Notícias do Dia, o jornalista Rogemar Santos informa a situação financeira de três instituições que atendem ao funcionalismo público em Joinville: Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Joinville (Sinsej), Sicoob/ Coopercred e plano de saúde Vitaserv.

Consideramos equivocada a forma como os balanços negativos do banco e do plano de saúde foram somados às irregularidades apontadas por auditoria sobre as contas anteriores do sindicato. De acordo com a matéria, juntas, as três situações gerariam uma dívida de R$ 7 milhões. Porém, é preciso observar que cada uma delas tem origem e características distintas.

Os prejuízos do Sicoob/ Coopercred e do Vitaserv são operacionais e se refletem em dívidas. No Sinsej, houve uma dilapidação de patrimônio causada por medidas tomadas pela antiga direção da entidade. O que não significa a existência de débitos. Prova disso é que a entidade fechou o ano de 2010 com um superávit de R$ 151.982.

O Sinsej conta hoje com solidez financeira e não possui dívidas com fornecedores. Ressaltamos ainda que a atual direção já encaminhou todas as medidas cíveis e criminais cabíveis, a fim de recompor o patrimônio lesado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

seis + dez =