Solidariedade aos trabalhadores da Tupy em greve

Ulrich disse que trabalhadores da Tupy estão fazendo história. Foto: Francine Hellmann

Os diretores do Sinsej passaram a manhã de hoje (9/04) em frente à Fundição Tupy ao lado dos trabalhadores que estão em greve desde essa madrugada. Os operários reivindicam um reajuste salarial de 10,5% enquanto a empresa oferece apenas 6%. Eles também exigem melhoria na proposta de Participação nos Lucros e Rendimentos (PLR). De acordo com a direção do Sindicato dos Metalúrgicos, em 2011 a Tupy teve um lucro líquido de R$ 203 milhões e desse montante R$ 4 milhões serão divididos entre os 17 diretores. Uma audiência entre o sindicato patronal e o dos trabalhadores foi marcada para o final da manhã.

O presidente do Sinsej, Ulrich Beathalter, declarou solidariedade dos trabalhadores do serviço público municipal aos operários da Tupy, pediu que eles continuem unidos e exemplificou a luta com a paralisação dos servidores durante 40 dias em 2011. Para ele, a greve da Tupy é o reflexo do que ocorre em todo o mundo. “Porque ou nós nos unimos, nos organizamos e lutamos ou vão tirar um pouquinho do nosso sangue todos os dias”, falou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + 1 =