Governo impede Sinsej de entrar em unidade

Devido reformas no CEI Sigeldrid Poffo, as crianças foram remanejadas para outros locais. Parte delas estão na escola Valentim João da Rocha, onde a equipe do Sinsej foi proibida de entrar I Foto: João Diego Leite
Devido reformas no CEI Sigeldrid Poffo, as crianças foram remanejadas para outros locais. Parte delas estão na escola Valentim João da Rocha, onde a equipe do Sinsej foi proibida de entrar I Foto: João Diego Leite

Na manhã de hoje (13/2), os diretores do Sinsej foram convidados a se retirar da Escola Municipal Valentim João da Rocha, no bairro Vila Nova. A diretora da unidade afirmou que a ordem partiu do secretário de Educação, Roque Mattei, e da secretária de Recursos Humanos, Rosane Bonessi.

Para a diretora do Sinsej, Flávia Bandeira, a atitude do governo é autoritária e representa uma prática anti-sindical, pois confronta a liberdade de organização dos trabalhadores. “A tática da Secretaria de Educação para ocultar os problemas nas unidades escolares: impedir a entrada do sindicato. Parabéns, Roque Mattei!”, escreveu o presidente do sindicato, Ulrich Beathalter, nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 1 =