Ano de congressos da CUT

Servidores ajudarão a decidir o destino dos trabalhadores brasileiros

A Central Única dos Trabalhadores realiza de 9 a 13 de julho o seu congresso nacional (Concut) em São Paulo. Antes disso, acontecem as etapas estaduais. Em Santa Catarina será de 31 de maio a 2 de junho (Cecut), em Florianópolis. O tema deste ano é “Liberdade e autonomia sindical” e se refere à campanha da CUT contra o Imposto Sindical. A central defende que o financiamento das entidades seja feito de forma consciente pelos trabalhadores.

Os congressos definem a pauta de lutas comum a todos os sindicatos cutistas do Brasil elegem a direção da Central para os próximos três anos. De acordo com o número de filiados ao Sinsej, os servidores de Joinville, Garuva e Itapoá têm direito a levar 17 delegados ao Cecut e dois ao Concut. Esses representantes da categoria foram eleitos em assembleia geral no dia 30 de março e ajudarão a decidir as prioridades da classe trabalhadora brasileira no próximo período.

Além do Imposto Sindical, diversos outros temas serão debatidos, como a redução da jornada de trabalho para 30 horas semanais, o fim do fator previdenciário, combate à terceirização e precarização dos serviços públicos e aplicação da Lei do Piso do Magistério.

*Texto publicado no Informativo do Sinsej de abril.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

cinco + dois =