Projeto chega à Câmara e Sinsej cobra vereadores

Demorou, mas a Prefeitura enviou à Câmara de Vereadores o projeto de lei sobre a extensão da gratificação paga aos servidores de Pronto Atendimentos (PAs). No mesmo documento segue a previsão de punição da Prefeitura quando há acúmulo de três períodos de férias e a liberação de mais dois diretores para a entidade sindical.

O Sinsej mandou ofício hoje (16/8) aos parlamentares pedindo que a votação aconteça até terça-feira (20/8). A apreciação precisa acontecer neste prazo para que os trabalhadores dos PAs recebam a gratificação no próximo pagamento.

Leia o ofício enviado:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quinze + 18 =