Superlotação no pronto-socorro do São José

Situação está insustentável
Situação está insustentável

O pronto-socorro do Hospital Municipal São José está sofrendo novamente com superlotação. De acordo com servidores, na manhã desta terça-feira (26/1), havia 74 pacientes internados acima da capacidade de apenas 27 leitos no PS e aproximadamente mais 20 encontravam-se em observação. “O PS não deveria nem mesmo ser local de internação”, ressaltou o presidente do Sinsej, Ulrich Beathalter. “No São José, já se tornou comum internar pessoas ali por causa da falta de leitos nos setores adequados e, como se não bastasse, esse número é extrapolado”.

Servidores cobraram soluções da direção
Servidores cobraram soluções da direção

Além da superlotação, o ar-condicionado do posto de enfermagem e da sala de emergência de apoio estavam estragados e apenas um banheiro está em condições de ser utilizado pelos pacientes. Servidores relatam que a situação começou na semana passada e, agora, chegou a um nível crítico. Diante disso, na manhã de hoje uma comissão de trabalhadores, acompanhada por um diretor do Sinsej, reuniu-se com a direção do hospital exigindo providências.

Segundo o presidente do hospital, Paulo Manoel de Souza, a climatização será restabelecida no decorrer do dia de hoje e pacientes de ortopedia menos graves serão encaminhados para o PA Norte. A entrada no Pronto Socorro será restringida apenas aos casos mais graves e uma força tarefa de médicos irá avaliar os pacientes. Pessoas que tenham possibilidade de aguardar cirurgias em casa serão liberadas. Além disso, cirurgias realizadas com agendamento – eletivas – serão desmarcadas para priorizar o atendimento a quem está no Pronto Socorro. A direção prometeu ainda que a reforma da UTI ficará pronta em 15 dias, liberando 12 leitos hoje ocupados para diminuir o número de pessoas nos corredores.

Trabalhadores e sindicato avaliarão a situação a cada dia e podem paralisar as atividades caso a direção não cumpra com todas as medidas prometidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1 + 20 =