Sinsej protocola novo ofício reiterando compromisso de pagar por auditoria independente

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Joinville e Região (Sinsej) protocolou nesta segunda-feira, 17 de maio, um novo ofício à Câmara de Vereadores, reiterando seu compromisso de arcar com os custos para a realização de uma auditoria contábil e atuarial independente para subsidiar a discussão dos projetos de reforma da Previdência Municipal.

No ofício, endereçado ao presidente da Câmara de Vereadores de Joinville, Maurício Peixer, e ao presidente da Comissão de Finanças, Orçamentos e Contas do Município, Wilian Tonezi, o sindicato reitera seu compromisso assumido anteriormente, desde que os projetos fiquem suspensos até apresentação do laudo técnico de auditoria.

A auditoria se faz necessária diante do parecer técnico elaborado por procuradores e auditores fiscais que indicou equívocos no cálculo do déficit do Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Joinville (Ipreville) e considerando que as mudanças na alíquota de contribuição dos servidores municipais são determinadas pela Emenda Constitucional 103/2019 (Reforma da Previdência do governo Bolsonaro) somente se o déficit atuarial for constatado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

13 − 12 =